quarta-feira, 24 de agosto de 2011

POESIA DE ZÉ VIEIRA


Sertanejo vai pra festa

Dançar forró e xaxado

Depois de embriagado

Sobe junta ao tocador

Pede um bregão de amor

Canta até uma canção

De Luiz rei do baião

Dedica pra sua senhora

Todo sertanejo chora

Se não chover no sertão.

Mandacaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário