quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Agenda de outubro do poeta Manoel Soares

CANTORIAS EM OUTUBRO
=================
NO DIA 08 CANTAREI COM O POETA CHICO PEREIRA NA AVENIDA PRESIDENTE DUTRA,47 VILA NOVA CIDADE,VERA CRUZ,STO AMARO,SÃO PAULO
UMA ORGANIZAÇÃO DO NOSSO AMIGO THIAGO.

NO DIA 09 CANTAREI NO JD.JAQUELINE,BUTANTÃ,SÃO PAULO.
UMA ORGANIZAÇÃO DO NOSSO AMIGO NEGRINO E AMIGOS..


NO DIA 15 CANTAREI COM O POETA ZÉ CÂNDIDO NA REGIÃO DE JABAQUARA PARA ZÉ MEDEIROS E AMIGOS.

NA SEXTA DIA 21 A PARTIR DAS 20H CANTAREI COM O POETA MANUEL FERREIA NA REGIÃO DE DIADEMA,SÃO PAULO.

MELHERES INFORMAÇÕES:8704-6263 COM MANUEL FERREIRA



GRANDE CANTORIA DE VIOLA

NO BAR E RESTAURANTE DO MIGUEL
SÁBADO DIA 22/10 A PARTIR DAS 20H
COM OS POETAS REPENTISTAS->ZÉ CÂNDIDO E MANOEL SOARES
RUA HELENA ZERRENE Nº31 BAIXADA DO GLICÉRIO,SÃO PAULO-SP

CONVIDAMOS TODOS NOSSOS AMIGOS PARA ESSE GRANDE MOVIMENTO

Mesmo com as dificuldades que o poeta repentista encontra para divulgar o seu trabalho nas grandes cidades, Manoel Soares não pára de lutar em defesa da cultura.
Aos 42anos de idade, sendo 20 de cantoria, continua em atividade, cantando e tocando principalmente para milhares de nordestinos que vivem na grande São Paulo. Além da famosa cantoria PÉ DE PAREDE, o poeta agita aniversários,campanhas eleitorais, inaugurações de bares e restaurantes.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011


Projeto cultural Canta Curió



I Canta Curió!

Na primeira edição do Canta Curió convidamos todos da comunidade para prestigiar uma
Cantoria de viola com os repentistas
Antônio Jocélio e Rosaneto no dia 18 de novembro (sexta feira) a partir das 20:00 horas
Na Associação dos Moradores do Curió ACMC – Gente de luta
Rua: Engenheiro Diogo Vital Cruz nº 380 / Curió Fortaleza CE Fone 3476 3473
CNPJ01.657.614.0001-03


Organização: ACMC – ASSOCIAÇÂO COMUNITÁRIA DOS MORADORES DO CURIÓ – GENTE DE LUTA
Apoio cultural:

 

  







domingo, 9 de outubro de 2011

Poesia de Zé Vieira


Zé Guerra Jesus chamou
Precisava dele lá
Pediu pra ele ajudar
Deste mundo o retirou
Seu espírito levou
Para celeste mansão
A matéria ta no chão
Da terra voltou pra terra
Apesar do nome guerra
Tinha paz no coração.
Mandacaru



Excelente companheiro
Gostava do que fazia
Amante da poesia
Compositor violeiro
Um artista Brasileiro
Cantava o seu sertão
Sextilha ,mote canção
Todos os temas da terra
Apesar do nome Guerra
Tinha paz no coração.
Mandacaru

Guerra um grande poeta
Humilde e trabalhador
Excelente cantador
Conduta simples correta
Sua rima era completa
Cantava com perfeição
Um defensor do sertão
Um filho do pé de serra
Apesar do nome Guerra
Tinha paz no coração.
Mandacaru 

No programa da Rio mar
Zé Guerra cantou assim
Que não queria seu fim
Distante do seu lugar
Mesmo vivendo a cantar
Também sentia saudade
Só teria a felicidade
Se voltasse a sua terra
Saudade de Zé Guerra
Que amigo de verdade.
Mandacaru

As composições de Zé Guerra


Cortesia de Mandacaru (Zé Vieira)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Poesia mandacaru


Tinha viola tocando  
De noite na Rio mar
Com Zé Guerra Zé Zilmar
Geraldo silva solando
Custodio apresentando
Na locução dando show
E Rosaneto anotou
Do ouvinte o recado
Do tempo bom do passado
Só a saudade ficou.
Mandacaru 

Poesia mandacaru


SOU FILHO DO CEARÁ
NETO E FILHO DE VAQUEIRO
CRESCI OUVINDO VIOLEIRO
APRENDI A IMPROVISAR
EU NÃO VIVO DE CANTAR
MAIS EU ESTUDO O TEMA
APRENDI FAZER POEMA
MOTE,SEXTILHA E CANÇÃO
NASCI E CRECI NO SERTAO
SOU SERTANEJO DA GEMA.
MANDACARU

Poesia de mandacaru


Fomos um dia cantar
Na casa do Zé vieira
Cajarana e Laranjeira
Zé Guerra e Zé Zilmar
O Zé Inácio foi lá
Geraldo silva chegou
Com Xexeu ele cantou
O mote solicitado
Do tempo bom do passado
Só a saudade ficou.
Mandacaru