terça-feira, 10 de maio de 2011

Solicitação de Incentivo à Cultura


De fato a cultura aqui no Ceará e em Fortaleza especialmente, é feita aos pedaços. Eventos relacionados verdadeiramente a cultura popular não recebem apoio devido, talvez por nossa própria culpa. Eu realizo há alguns anos cantorias de viola no bairro em que vivo (Curió). E já passei o vexame de ter dois grandes nomes do repente cearense com uma mixaria no prato. Alguns podem achar o cantador um esmoléu, mas a verdade e que o poeta canta por duas razões: em primeiro porque tem o dom da poesia e gosta do que faz; em segundo porque precisa sobreviver, esta segunda opção muitas vezes se sobrepõe à primeira, pois todo ser vivo tem a persistência natural de querer continuar existindo e com o poeta não é diferente. Principalmente quando se constitui família. E saiba de uma coisa, esse cantador é só um homem igual a você também possui defeitos, mas ele possui uma arte. Portanto antes de fazermos discursos eloqüentes sobre a valorização da cultura popular coloquemos dinheiro no prato do cantador, e do artista seja lá ele quem for e pra não continuarmos achando que é esmola, peça que ele cante uma canção ou faça versos!

Portanto minha senhoria
Me desculpe a grosseria
Coloquemos o dinheiro
No prato do cantador
Seja lá ele quem for
Muito feliz vai ficar
Pois é pago pra cantar
E pra não dizer que é esmola
Mande ele fazer trova
Pro dinheiro ter valor
Marcos Aurélio

Nenhum comentário:

Postar um comentário